No comments

Lagoa de Óbidos

Entre o património natural do concelho, destaca-se a Lagoa de Óbidos, uma extensa toalha de água, com seis quilómetros de comprimento, que a tornam na maior lagoa do país.  O seu encontro com o mar faz-se através das praias do Bom Sucesso e Foz do Arelho.

Alimentada tanto por água doce como por água salgada, a Lagoa de Óbidos prima pela fauna que por ali se encontra. As espécies piscículas como o robalo, enguia, linguado e tainha, e os moluscos bivalves como a amêijoa, berbigão e mexilhão, constituem a fauna mais relevante nesta zona. A lagoa apresenta também excelentes condições para desova e viveiro de peixes, como é o caso da Poça da Pateira, rica em camarão e do braço do Bom Sucesso, fértil em mexilhão.

As águas de baixa profundidade caracterizam a flora, onde se destaca a abundância de macro-algas e zoosteras.

A vegetação que faz o enquadramento paisagístico confere-lhe uma beleza muito particular.

A acalmia característica das suas águas permitem a prática de diversos desportos náuticos como remo, vela e windsurf e tornam a lagoa num local de eleição para a pesca.

No Comments Yet.

leave a comment